sábado, 15 de outubro de 2011

Memória da reunião do dia 14/10/2011

Bom dia, amig@s,
Conforme previsto, a APF reuniu-se no auditório de representação regional do Ministério da Cultura (MINC Norte) para uma primeira discussão a respeito de novas atividades desta confraria.

O comparecimento ficou aquém do esperado, mesmo assim tomou-se importantes deliberações:

(a) um grupo de trabalho (GT-APF) para implementar relançamento da mesma foi contituído pelos confrades Alberdan Batista, Dulce Rosa Rocque, José Varella e Leonardo Santos;

(b) o recém nomeado GT fica encarregado de elaborar regimento e/ou estatuto de maneira que a APF venha a se adequar como pessoa jurídica apartidária, sem perda de identidade mas podendo beneficiar de parcerias com entidades públicas e privadas de interesse comum;

(c) em busca de registro oficial como patrimônio cultural imaterial vinculado ao centro histórico de Belém, com ênfase no complexo arquitetônico do Ver O Peso; a APF deverá promover 'visitações' ou 'embaixadas' a entidades parceiras para promoção do Ver O Peso como lugar de memória e mercado turístico-cultural de referência amazônica;

(d) intensificar o processo de divulgação e sensibilização do público para o legado dos fundadores da APF, tendo em vista proposições e debate sobre a cultura popular nos 400 anos de invenção da Amazônia (desde a fundação da "França Equinocial" em 1612 no Maranhão até o levantamento do Forte do Presépio em 1616, em Belém-PA.
Belém-PA, 15/10/2011
J.V.
fonte: ACADEMIA DO PEIXE FRITO http://www.facebook.com/groups/132033860229696/

Nenhum comentário:

Postar um comentário