domingo, 31 de outubro de 2010

ajuricabano

Amigos, Companheiros e Camaradas,

Acabou-se de fechar os últimos locais de votação no País. Podemos prever mas não se sabe ainda o resultado final das eleições 2010.


Todavia, qualquer que seja o veredito das urnas já temos um vencedor: o Povo Brasileiro na construção da democracia popular e o Brasil no concerto das nações a caminho do desenvolvimento do estado democrático de direito. Neste momento, carecemos de uma curta trégua na luta dialética entre os que querem conservar o passado e os que buscam consttuir o futuro. Digamos até o Ano Novo. Tempo para repouso e para assimilar as lições dos erros cometidos e acertos alcançados.

Em minha qualidade de Quixote incurável, não tenho mais tempo para querelas inúteis. Todas reservas de energias que me restam devem servir para retransmitir a jovens sonhadores da justiça social o pouco que aprendi ao longo da vida. Por isto, a proposta de revitalização da "Academia do Peixe Frito" como tribuna livre de cultura popular e a teimosia do progresso da "extinta" Cultura Marajoara de 1500 anos de idade para todo Brasil e o mundo inteiro. 


Nós não podemos nos contentar de um "regionalismo" medíocre e ilhado na vastidão do arquipélago nacional. É preciso pensar grande a Amazônia que queremos deixar a nossos filhos e netos: no curto prazo, debater os 400 anos da tomada do Maranhão (1615-2005) e o IV Centenário de Belém do Grão-Pará, em 2016. Que tal?

Convidamos, então, desde já a mobilizar as forças progressistas de centro-esquerda amazônica para um grande "ajuri" (cooperação) cabano, tendo na resistência marajoara e na figura emblemática do herói manau Ajuricaba a maior referência.


Amazônia Brasil: brasileiros construindo um novo mundo possível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário